Bruno Miani/Vipcomm
Comentários desativados em Gustavo Pessoa vence em Ilhabela e assume liderança no Arena Cross

Gustavo Pessoa vence em Ilhabela e assume liderança no Arena Cross

Ilhabela (SP) – Gustavo Pessoa venceu a terceira etapa Arena Cross, disputada na noite deste sábado (dia 21), em Ilhabela (SP) e assumiu a liderança da competição na categoria Mx2. Foi a segunda vitória seguida do piloto da Honda, que agora soma 53 pontos na competição, um a mais que seu companheiro de equipe, João Ribeiro. Na Mx Pro, Paulo Alberto ganhou a primeira bateria. Na segunda, em virtude de um choque com  adversário, teve a roda dianteira da moto travada, perdeu várias voltas e terminou em 10º. Na soma das duas corridas da Mx Pro, o goiano Wellington Garcia, da Honda Ipiranga IMS Rinaldi, equipe satélite da Honda, ficou em terceiro.

Gustavo agradeceu muito à equipe Honda pelo bom resultado. O piloto paulistano festejou muito a segunda vitória. Além do Arena Cross, ele lidera a Campeonato Brasileiro de Motocross. “Todos trabalharam muito para que eu conseguisse essa vitória. Agradeço a todos”, afirmou o piloto, que enfrentou pista muito pesada, em razão da chuva que caiu durante o dia.

O acidente na segunda bateria custou a Paulo Alberto a liderança do Arena Cross. O atual campeão da MX1 está agora na segunda colocação, com 91 pontos. O português, entretanto, foi muito festejado pela torcida, principalmente pela persistência para voltar à corrida. No final, ele jogou a camisa para a galera.

Veja como foram as corridas:

MX1
1ª Bateria
Paulo Alberto mandou na corrida. Assumiu a ponta ainda na primeira volta e não mais saiu da liderança. Chegou a ser incomodado por Jean Ramos, mas resistiu e abriu vantagem. Ele  colocou uma volta de diferença sobre o quinto colocado. Hector Assunção caiu e abandonou.Wellington Garcia, da Honda Ipiranga IMS Rinaldi, terminou em quarto. Adam Chatifield, da Dunas, chegou em quinto. Jetro Salazar, da Escuderia X, foi o oitavo.

2ª Bateria
Logo nas primeiras voltas da segunda bateria da MxPro o português Paulo Alberto chocou-se com Carlos Campano e os dois caíram. O piloto da Honda levou a pior, pois a roda dianteira de sua moto travou. Ele lutou muito para poder voltar, perdeu várias voltas, mas terminou em 10º lugar. Hector Assunção, seu parceiro de Honda, chegou a estar em terceiro, mas terminou em quinto. Jorge Balbi, o vencedor, e Jean Ramos (segundo), disputaram a primeira colocação até a bandeirada. Jetro Salazar, da Escuderia X, equipe satélite da Honda, foi terceiro.Wellington Garcia, da Honda Ipiranga IMS Rinaldi, ficou em quarto. Adam Chatfield, da Dunas, foi o sexto.

Mx2
Gustavo Pessoa, da Honda, assumiu a liderança na segunda volta e não largou mais. A briga se acirrou pelo segundo lugar, que ficou com Leonardo Souza, da Honda Ipiranga IMS Rinaldi. A terceira colocação no pódio foi de João Ribeiro, da Honda. Caio Lopes, da Honda Ipiranga IMS Rinaldi, foi o 13º.

Mx Jr
Bruno Schmitz, da Dunas, equipe satélite da Honda, ficou com a terceira colocação. Ele largou bem, fez o o holeshot, mas sofreu uma queda. Recuperou-se e foi ao pódio. “Infelizmente sofri um tombo quando estava em primeiro”, afirmou o piloto. Leonardo Cassarotti, também da Dunas e que havia vencido as duas primeiras, também caiu (quando estava em segundo) e abandonou a prova. Leonardo Nunes foi o vencedor.

VIPCOMM
Assessoria de Imprensa Honda Racing
Jornalistas responsáveis: Ricardo Ribeiro/Nilton Valentim/Nathalia Torquato
Tel: (11) 3893-1010
E-mail: nilton.valentim@vipcomm.com.br
Site oficial: www.honda.com.br/hondaracingbrasil
Sala de imprensa: www.vipcommnews.com/category/hondaracing
Twitter: @equipehonda