César Araújo/Vipcomm
Comentários desativados em Brasileiro de Motocross: Paulo Alberto vence as três baterias em Campo Grande e encosta nos líderes

Brasileiro de Motocross: Paulo Alberto vence as três baterias em Campo Grande e encosta nos líderes

Não teve para ninguém. O português Paulo Alberto venceu as três baterias da etapa de Campo Grande (MS) do Campeonato Brasileiro de Motocross neste fim de semana. Foi uma sessão extra no sábado e duas neste domingo. Com as vitórias, o piloto oficial Honda Racing somou mais 75 pontos, com 215 pontos, encostou nos líderes da competição e entra na briga pelo título.

Paulo Alberto liderou as três baterias de ponta a ponta, colocando ritmo forte desde o início, na pista montada no Autódromo Internacional de Campo Grande. Antes desta etapa, o português era o quarto colocado no geral, com 140 pontos.

O chefe da equipe, Wellington Valadares, destacou o desempenho de Paulo Alberto e o apoio da Honda, que entregou novas motos CRF 450R para a etapa.  “Tivemos um excelente apoio. Vencemos as três corrias e abrimos mais de 30 segundos do segundo colocado.”

O outro piloto da Honda Racing na disputa, Hector Assunção, teve boa performance, mesmo com contusão nas costas. Foi 4º colocado em duas baterias e 7º em outra. Somou 60 pontos e segue em 6º na classificação geral.

Escuderia X

Piloto da Escuderia X, apoiada pela Honda, o equatoriano Jetro Salazar ficou em 7º, 6º e 4º nas três baterias. Somou 47 pontos, se manteve na 2ª colocação da competição, mas viu o líder Carlos Campano se distanciar. A diferença que era de apenas 7 pontos subiu para 24 (244 a 220).

Com duas baterias previstas para a última etapa do Brasileiro de Motocross, em Charqueada/Piracicaba (SP), dia 10 de dezembro, estarão em jogo 50 pontos. Com isso, a disputa pelo título está aberta. O outro piloto da Escuderia X, Lucas Dunka, ficou duas vezes em 8º e uma em 5º. É o 8º no ranking geral.

Gustavo Pessoa segue líder na MX2

Na categoria MX2, o paulista Gustavo Pessoa, da equipe Honda Ipiranga IMS, continua na liderança. Conquistou um 2º e um 3º lugares na etapa de Campo Grande. Agora soma 252 pontos, 13 à frente do vice-líder Fábio Santos, que venceu as duas baterias.

João Ribeiro, também da Honda Ipiranga IMS, teve problemas durante a primeira bateria: foi 10º. Na segunda, o 4º, mas sustentou a 5ª posição no campeonato.

Frederico Spagnol, Honda Ipiranga IMS, obteve 11ª e 8ª colocações. É  o sexto no geral. Leandro Pará, da Escuderia X, foi 8º e 7º. Continua na 8ª posição no ranking.

Já na categoria MX2 Júnior, Leonardo Nunes, da Escuderia X, foi bem na etapa de Campo Grande e segue na briga pelo título. Com uma 4ª colocação e uma vitória nas duas baterias, chegou a 231 pontos na tabela. São 15 a menos do que o líder Tallys Brito, da Yamaha Geração.

Classificação geral MX1

1º Carlos Campano – 244 pontos
2º Jetro Salazar – 220 pontos
3º Paulo Alberto – 215 pontos
6º Hector Assunção – 167 pontos
8º Lucas Dunka – 145 pontos

Honda Racing
Vipcomm Assessoria de Imprensa e Conteúdo
Jornalistas responsáveis: Beto Silva e Ricardo Ribeiro